Soneto para Camila

Carlos Zarur . 15 de Março, 2012


Como uma tenra semente

Pode mexer tanto com a gente!


Um grãozinho pequenino

Agasalhado e seguro

Sagrado e protegido no quentinho

Na água santificada da vida

Somos todos nós unidos e de partida.


Uma plantinha bem protegida

No calor de seus amados pais

Germinando segura e escondida

Como uma estrela intangível

De uma nova e sagrada existência.

© Copyright 2005-2017, Carlos Zarur. Direitos autorais reservados.